todos os dias são dias de. .. . .

By Anny da Juba - 09:00:00

Hey gente 


Mas Anny rubrica a uma terça feira ? Pois é gente por norma a rúbrica é ao sábado à noite mas como queria acabar o mês de agosto  em grande optei por terminar a rúbrica do mês de agosto no ultimo dia do mês , por isso , já sabem quando o último dia do mês acabar a um dia da semana a rubrica acaba nesse dia .


MAS....... sábado já temos de novo a nossa rúbrica normalmente , segura ai a ansiedade que setembro vem ai em grande .




24 Agosto

O Dia Internacional da Música Estranha comemora-se a 24 de agosto.


---

Como o nome indica, a premissa desta data é libertar a estranheza em forma de música. Neste dia do ano é feito o convite às pessoas para tocarem música menos convencional ou para ouvirem estilos musicais que habitualmente não ouvem. Vale tudo o que seja diferente ou bizarro para o ouvinte, já que a estranheza é relativa e subjetiva.

O Dia Internacional da Música Estranha foi criado por Patrick Grant, um músico e compositor de Nova Iorque, que queria colocar as pessoas a ouvirem e a tocarem tipos de música que nunca tinham ouvido e tocado antes. A premissa do dia é ouvir sem preconceitos, para que a música consiga mudar a forma como olhamos para os diferentes aspetos da vida e incrementar o respeito entre todos. Da diferença pode nascer assim a união. A ideia ganhou adeptos um pouco por todo o mundo, dando lugar a concertos e mesmo a uma editora discográfica.

Para estimular a mente deve então tentar tocar ou ouvir músicas diferentes do habitual pelo menos uma vez por ano: a 24 de agosto. Desde sintonizar rádios alternativas a ouvir música do Tibete ou da Sibéria no YouTube, desde assistir a um concerto de um estilo para os seus ouvidos inédito a pesquisar novos estilos no Spotify enquanto trabalha, tem muitos opções para comemorar este dia.



 Dia do Artista comemora-se a 24 de agosto.
Neste dia, também conhecido como Dia dos Artistas, estão de parabéns todos os artistas do mundo: o ator, o realizador, o poeta, o escritor, o pintor, o escultor, o compositor, o músico, o dançarino, o artesão, o fotógrafo, o desportista, etc. O artista é todo aquele que se expressa através da arte e que cultiva o sentimento do belo e da arte, sendo assim possível encontrar artistas em variados campos.
O Dia dos Artistas tem o objetivo de agradecer a todos aqueles que com a sua arte fazem o homem fugir à sua realidade e sonhar. Sem os artistas o mundo não seria tão colorido e valioso. Como os artistas muitas vezes sacrificam grande parte das suas vidas para produzirem obras para o bem da comunidade, esta data surgiu para homenagear o artista e todo o seu trabalho.
Para comemorar este dia pode divulgar os seus artistas preferidos, conhecer a arte de novos artistas ou patrocinar os artistas emergentes. Outra opção é dar largas à imaginação e libertar o artista que há em si.


30 Agosto

O Dia Internacional do Tubarão-Baleia celebra-se anualmente a 30 de agosto.
A data surgiu em 2012 com o objetivo de preservar este animal. Apesar de poder mergulhar a mais de três mil metros, de medir 16 metros e de pesar 12 toneladas, o tubarão-baleia é vulnerável, sendo muito procurado pelo homem pelas suas barbatanas e carne, que são vendidas a alto preço.
O tubarão-baleia é o maior tubarão e o maior peixe do mundo, com uma boca de cerca de 5 metros, mas que se alimenta apenas de plâncton por filtração. É um animal inofensivo ao homem e uma atração turística em locais como o Japão. A sua população é desconhecida e a sua espécie é considerada em perigo.




O Dia Internacional das Vítimas de Desaparecimentos Forçados comemora-se a 30 de agosto.
A data foi instituída pela ONU em dezembro de 2010, através da resolução 65/209, começando-se a celebrar a data em 2011. O objetivo é unir os líderes dos países e combater o desaparecimento forçado de pessoas por todo o mundo. Esta resolução proclamou a entrada em vigor da Convenção Internacional para a Proteção de Todas as Pessoas contra os Desaparecimentos Forçados, já adotada em 2006 (e assinada por Portugal em 2007).
Outrora associados às ditaduras militares, os desaparecimentos forçados são hoje cometidos em situações variadas e intrincadas de conflito interno, como um meio de repressão política dos adversários. Milhares de pessoas foram detidas e encontram-se atualmente presas sem as mínimas condições em lugares ocultos, fora do contacto dos seus familiares.
Este Dia Internacional das Vítimas do Desaparecimento Forçado recorda o destino das vítimas de sequestro, muitas vezes com o conhecimento das autoridades, assim como presta tributo aos familiares das vítimas, em constante sofrimento. O apelo feito por entidades como a ONU e a Amnistia Internacional neste dia, é que os países do mundo se juntem para ratificar a Convenção Internacional para a Proteção de Todas as Pessoas contra os Desaparecimentos Forçados para acabar finalmente com esta realidade.


31 Agosto



O Dia da Tomatina, ou Dia de La Tomatina, no seu nome original, celebra-se a 31 de agosto em 2016.
Este dia da tomatada celebra-se todos os anos naúltima quarta-feira de agosto, na cidade de Buñol, na província de Valência, durante a semana de festividades de Buñol.
As celebridades começam por volta das 10h na Plaza del Pueblo, com a tentativa de alcançar um grande presunto colocado no topo de um poste seboso por parte dos mais aventurosos. Enquanto isso, as pessoas presentes cantam e dançam e levam com água no corpo. Mal o presunto cai, a festa caótica está pronta a começar. É por volta das 11h que se ouve um disparo e que chegam os camiões carregados de tomates, as munições para os participantes, para se dar início à guerra dos tomates.
Os tomates vêm de Estremadura e são cultivados especificamente para este dia, sendo de inferior qualidade e sabor. Gastam-se cerca de 150 mil tomates no Dia da Tomatina. São cerca de 100 toneladas de tomates que pintam tudo e todos de vermelho.

Regras

Apesar de todo o caos existem regras. A lotação foi limitada a 20 mil pessoas e o evento passou a ser organizado por uma empresa privada dada toda a despesa que gerava à Câmara Municipal de Buñol. Cada participante tem de pagar 10 euros de inscrição, apesar de haverem turistas e locais que participam gratuitamente. Quem quiser subir ao camião para obter melhores resultados no combate tem de pagar 750 euros.
  • Antes de se atirar um tomate, ele deve ser esmagado, para não se ferir ninguém.
  • Não se pode levar garrafas e objetos que magoem.
  • Não se pode puxar pelas roupas dos presentes.
  • Recomenda-se levar óculos de proteção (como os de mergulho) e luvas.
  • Ao segundo tiro a batalha termina.
Depois de uma hora de diversão os bombeiros lavam as ruas e os participantes usam mangueiras dos moradores locais para se lavarem.

Origem da Tomatina

A origem do Dia da Tomatina remonta a 1945, quando num desfile de gigantones e cabeçudos uns jovens locais começaram a atirar tomates e verduras aos participantes, já que estavam chateados por não participarem também na festa. Apesar da repressão policial, nos restantes anos o gesto repetiu-se, com os moradores a tirarem tomates das suas casas e tornou-se uma tradição, até que nos 80 a Câmara Municipal de Buñol assumiu a organização do Dia de la Tomatina.



não te esqueças de me seguir nas rede sociais , basta clicar aqui em baixo na que queres mais
Image Map

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Bem vindo a área de comentários onde podes dar todas as tuas opiniões