8 tratamentos naturais para a depressão

By Anny da Juba - 15:00:00


Tristeza x Luto x Depressão

depressão é um distúrbio da mente que se caracteriza por tristeza e falta de vontade para realizar atividades, até mesmo aquelas que antes eram prazerosas.

Há ainda o luto, acrescenta o profissional, que é uma profunda tristeza causada por alguma perda, seja a morte de alguém querido, o fim de um relacionamento, a perda de um emprego, a vivência de um acidente, a notícia de uma doença grave etc. “O luto é uma reação natural e esperada, e se cura com o passar do tempo”, explica Guerra.
A depressão, não. “Nem o tempo, nem a mudança das circunstâncias é capaz de alterar o humor da pessoa deprimida. É uma doença e, como tal, necessita ser tratada. A depressão degrada o ‘eu’ da pessoa e vai opacificando sua capacidade de dar e receber afeição”, explica o médico.

Diagnóstico

Marcello Guerra destaca que é fundamental que o paciente seja diagnosticado por um médico, “para que possa fazer o diagnóstico diferencial com algumas doenças orgânicas que podem gerar depressão, como o hipotireoidismo, alguns tumores cerebrais, doença de Parkinson, entre outras”.

Tratamentos naturais para tratar a depressão

tratamentos naturais para a depressao 8 tratamentos naturais para a depressão
Foto: Thinkstock
Como já foi destacado, a depressão é uma doença que exige acompanhamento e tratamento médico, mas existem alguns hábitos saudáveis – relacionados à alimentação, por exemplo – e algumas dicas que podem ajudar no tratamento deste problema que acomete, infelizmente, grande parte da população. Abaixo você confere:
1. Homeopatia: de acordo com Marcelo Guerra, a homeopatia tem recursos para tratar a depressão sem necessitar recorrer aos medicamentos alopáticos. “Mesmo pacientes que já fazem tratamento alopático para depressão podem iniciar um tratamento homeopático, retirando progressivamente os remédios convencionais e mantendo-se bem”, destaca.
2. Fitoterapia: ainda de acordo com o médico, a terapia que usa plantas no tratamento também tem recursos para a depressão.
3. Acupuntura: a acupuntura é mais uma orientação do médico Marcelo Guerra para tratar a depressão.
4. Alimentos que estimulam a produção de serotonina: que é um neurotransmissor cuja deficiência está associada à depressão – podem auxiliar no tratamento. “O chocolate é o mais famoso deles, certamente por causa do seu sabor tão apreciado (se fosse o repolho seria tão famoso?!)”, diz Guerra, que acrescenta que a produção de serotonina é feita a partir do aminoácido triptofano e cita outras sugestões de alimentos que podem ajudar:
  • Aveia
  • Banana
  • Brócolis
  • Espinafre
  • Maracujá
  • Laranja
5. Apostar em determinados temperos: é um outro recurso relacionado à alimentação que pode ajudar, de acordo com Marcelo Guerra. São eles: cúrcuma, cominho e pimenta do reino.
6. Prezar por uma dieta saudável é fundamental: não basta apenas se alimentar das opções citadas acima, mas sim seguir uma alimentação equilibrada, de preferência, contando com o acompanhamento de um nutricionista.
7. Nunca pule refeições e/ou fique muito tempo sem comer: pois, mantendo o açúcar no sangue estável, reduz alterações de humor.
8. A prática de atividade física aeróbica: (caminhar, correr, andar de bicicleta, nadar), de acordo com Marcelo Guerra, aliada a uma alimentação saudável, ajuda muito a prevenir e a tratar a depressão.
Vale destacar que essas dicas são muito importantes e podem ajudar a prevenir e até a tratar a depressão, porém, não podem ser vistas como medidas únicas no tratamento do problema. É fundamental lembrar que a depressão é uma doença que deve ser acompanhada por um médico, por isso, não hesite em procurar um profissional!

fonte retirada na integra de dicas de mulher website
texto escrito em Português do Brasil

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Adoraria saber a tua opinião sobre este tema